domingo, 6 de setembro de 2015

Os riscos que trazia Vieira quando veio para o Benfica.


O presidente em exercício, LFV, e alguns benfiquistas acenam com o fantasma de Vale e Azevedo quando se referem a Rangel ou a qualquer outro candidato a presidente. 
Mas pergunto: traz mais riscos eleger Rangel do que quando se elegeu Vieira pela primeira vez?
Comecemos pelo passado recente de Vieira, antes do Benfica. O Alverca.
"LFV iniciou o seu trajecto no Mundo do Futebol no Alverca FC, como presidente, conseguindo através de boas relações com os três grandes (dos quais era sócio), foi especialmente através do Benfica, com o projecto clube satélite que catapultou o Alverca FC para a 1ª divisão
No ano em que o Alverca sobe começaram as relações desportivas com o FC Porto, traduzidas na recepção de vários atletas a título de empréstimo (Ricardo Carvalho, entre outros), intermediação na transferência de Ovchinnikov para o FC Porto e as negociações de Cajú e Duda.

Em Maio de 2001 dá-se a misteriosa transferência de Mantorras para o Benfica, por 10 milhões de euros, verba que associada aos patrocínios e receitas de transmissões televisivas seria mais que suficiente para o Alverca se manter largos anos no futebol, cenário que não veio a acontecer, já que o Alverca cessou o seu futebol profissional em Maio de 2005.

O Alverca desce à 2ª divisão de honra e em Maio de 2001 LFV deixa os destinos do Alverca FC entregues ao seu vice-presidente Manuel Bugarim, seguindo Mantorras para a Luz passando a fazer parte da vida desportiva do Benfica, assumindo então na altura funções de director desportivo do então presidente Manuel Vilarinho. No final dessa época do seu primeiro ano como director desportivo saem directamente para o FC Porto, Maniche e Jankauskas, ao passo que via Varzim transferem-se Jorge Ribeiro, Pepa e Rui Baião que na altura eram enormes promessas do futebol português.
" - Tirado daqui.
Dizia Manuel Bugarim em 2001, sucessor de Vieira no Alverca quando este último era ainda accionista da SAD: 
"Um dia, quando se lembrarem do Luís Filipe Vieira em Alverca, todos vão recordar-se do muito trabalho que fez. Saiu, mas é um grande amigo do Alverca. Antes de assumir os cargos de responsabilidade no clube ribatejano já era benfiquista, mas mantém a sua ligação a este clube como sócio e accionista da SAD. É gratificante para o Alverca ter trabalhado com pessoas como Jesualdo Ferreira, que é um grande profissional, e Luís Filipe Vieira, um grande benfiquista", disse Manuel Bugarim.
António Fernandes, presidente demissionário do Alverca em 2009 e que estava em funções desde 2002, disse em entrevista, da qual retiro alguns excertos:
"Esteve mais de vinte anos ligado ao Futebol Clube de Alverca (FCA). Depois da saída de Luís Filipe Vieira, assumiu a direcção do clube ribatejano em 2002, com uma dívida de dois milhões e quinhentos mil euros. Sete anos depois, António Manuel Fernandes demite-se e deixa nos cofres do Alverca 726 mil euros. Em entrevista a O MIRANTE fala das razões que o levaram a pedir a demissão de presidente da direcção, da situação financeira e do futuro do clube e de Luís Filipe Vieira.
-----
Tirei o clube de uma falência anunciada. Com a falência da Sociedade Anónima Desportiva (SAD), deixou de se poder praticar futebol.
-----
O que esteve na origem da decisão de pedir a demissão?
Duas situações. A não assinatura de uma acta, por parte do presidente da assembleia-geral, Jorge Barroso, num negócio de 500 mil euros, referente a uma parcela de três mil metros que temos para vender. O negócio foi aprovado na última assembleia-geral de 8 de Junho, com 34 votos a favor e um contra. Chegados a Julho, o presidente da assembleia-geral ainda não tinha assinado.
Já tinham comprador?
Já. À Imocochão. (Luís Filipe Vieira é o sócio maioritário).
-----
Qual é a situação financeira do clube?
Herdei o Alverca endividado em mais de 500 mil contos (dois milhões e meio de euros) fora os juros. Deixo o clube com dinheiro nos cofres. O Alverca tem, como qualquer empresa, dívidas correntes. Talvez 125 mil euros. Mas não tem nenhuma acção de penhora nem nenhuma acção em tribunal. 
-----
Aceitou o convite de Luís Filipe Vieira (LFV) para lhe suceder no cargo de presidente. Sabia da situação do Alverca?
Como agi de boa fé, na, altura não tive o cuidado de ir ver a situação. Só me apercebi quando, logo a seguir a SAD entra no descalabro que é público.
Luís Filipe Vieira é responsável pela situação do Alverca?
Se fosse o presidente quando foi deliberado disputar as ligas profissionais, não tinha aceite de maneira nenhuma.
-----
A saída do LFV foi premeditada, sabendo o que ia acontecer no Alverca?
(Silêncio) Só lhe posso dizer o que ele me disse na altura. Que era incompatível as responsabilidades que ia desempenhar no Benfica com a manutenção da presidência quer do FCA quer do Alverca Futebol SAD. E eu acreditei nisso.
E hoje acredita?
Não. De maneira nenhuma. Nós devíamos ter uma secção de ginástica com trampolins e não temos. O Alverca serviu de trampolim de lançamento de determinada pessoa.
Luís Filipe Vieira?
Evidentemente.
Noto uma certa mágoa nas suas palavras…
Se perdesse 200 mil euros ficava com um sorriso nos lábios?
Está a referir-se ao quê?
Ao meu dinheiro que deixei no Alverca para que o clube não caísse no fosso em que estava. Se saísse tinha caído. Não tinha hipóteses. Era outro Vilafranquense."
 
 
 
"No sábado, 17 de Setembro, o FC Alverca distinguiu os seus sócios mais antigos e convidou os antigos presidentes a estarem presentes. António Fernandes, Manuel Ribeiro, João Coelho e Ramiro Gonçalves ocuparam os bancos da frente. Carlos Espanhol e Hélder Vieira informaram que não podiam aparecer por motivos profissionais. Albertino Pires compareceu no jantar de convívio. Luís Filipe Vieira, actual presidente do Sport Lisboa e Benfica, foi o único que não respondeu ao convite.
-----
A maioria dos sócios e adeptos do clube recorda a passagem pela primeira liga como o feito mais importante da história do Alverca. Uma época dourada onde o dinheiro parecia não ser problema e os sócios podiam ver jogar no relvado jogadores como Deco, Maniche, Yannick, Ricardo Carvalho, Kulkov, Ovchinnikov, Hugo Leal, Manuel Cardoso, Mantorras, Marco Caneira, Nuno Assis, Chiquinho Conde, Akwá ou Paulo Santos. Muitos deles emprestados por outros clubes nacionais e outros adquiridos por uma Sociedade Anónima Desportiva (SAD) que hoje acumula dívidas próximas dos dois milhões de euros.  
-----
As contas do clube estão equilibradas. Devemos perto de 70 mil euros. As dívidas maiores eram da SAD, não do clube. A SAD está completamente fora da situação geral do Alverca. Está parada, não está insolvente mas está parada”, refere Fernando Orge, presidente da direcção do clube ao nosso jornal.
-----
Para Rui Gomes, um dos sócios do Alverca, o facto de Filipe Vieira ter esquecido o clube “é uma prova de que apenas o usou para promoção pessoal”. Outro sócio, Luís Marques, lamenta a atitude do ex-dirigente. “Tenho alguma mágoa porque quando o clube teve dificuldades o Luís Filipe Vieira poderia ter aparecido mais e ajudado o clube e não o fez. Foi um presidente que marcou o clube e numa altura difícil devia ter-se aproximado mais e ser solidário”, defende.
Para António Fernandes, antigo presidente do clube, “as acções ficam com quem as pratica” e confessa que a história acabará por julgar o actual presidente dos encarnados. “Será julgado pelos sócios e pela sociedade. Muita gente esquece-se que haverá um futuro onde se poderá pagar todo o mal que se fez”, afirmou à margem da sessão solene."
A situação do Alverca era boa, segundo Vieira e o seu homem Manuel Bugarim.
A verdade era outra, conforme os que se seguiram e que a queda abrupta do Alverca comprovou.
Luis Filipe Vieira trazia com ele o historial de amizade com Pinto da Costa, negócios com o FC Porto com alguns deles a servirem de lança contra o Benfica, sócio do FCP e do SCP.
Festejos de golos do Porto no camarote presidencial das Antas que tanta gente testemunhou. 
A esse peso acrescentou a amizade com Joaquim Oliveira, Fernando Gomes e António Salvador, conhecidos que são como grandes amigos do Benfica.

Pergunto eu, na minha qualidade de adepto e sócio do clube:

Ainda têm a lata de vir falar nos riscos de eleger Rangel ou qualquer outro que seja?
 
 
Fonte da Notícia: Geração Benfica

Sem comentários:

Enviar um comentário