sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Árbitro que vai apitar próximo jogo do FC Porto ameaçado de morte

Artur Soares Dias terá sido ameaçado por elementos ligados à claque Super Dragões.

O árbitro Artur Soares Dias terá sido, esta quinta-feira à tarde, ameaçado “de morte” e insultado por indivíduos que o mesmo identificou como sendo elementos dos Super Dragões, claque afecta ao FC Porto.
O caso ocorreu por volta das 14h desta quinta-feira, quando Artur Soares Dias se preparava para realizar um treino, na Maia. De acordo com a Rádio Renascença, tudo terá acontecido na presença do próprio presidente do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol, José Fontelas Gomes.
O local terá sido invadido por elementos com adereços da claque portista Super Dragões que abordaram Artur Soares Dias e insultaram e ameaçaram o árbitro que foi nomeado para dirigir, no próximo sábado, o jogo Paços de Ferreira-FC Porto.
De acordo com fonte ligada ao árbitro, citada pela Renascença, Artur Soares Dias foi avisado de que ele e a sua família corriam “risco de vida” caso o jogo de sábado “não corresse bem”.

Apesar do sucedido, Soares Dias optou, ainda assim, por manter e cumprir o plano de preparação previsto para esta quinta-feira.
Artur Soares Dias, de 37 anos, árbitro da Associação de Futebol do Porto, subiu à primeira categoria em 2004 e tornou-se internacional em 2010. Foi considerado o melhor árbitro da época passada.

FONTE da NOTÍCIA: PÚBLICO

Claque Portista Pressiona Árbitros



Alguns elementos dos Super Dragões, principal claque portista, estiveram esta quinta-feira ao início da tarde no centro de treinos dos árbitros na Maia, tendo falado com alguns dos juízes, em especial Artur Soares Dias, o nomeado para o Paços de Ferreira-FC Porto do próximo fim-de-semana.

O internacional portuense foi mesmo ameaçado pelos referidos indivíduos, que prometeram voltar caso o encontro marcado para sábado não agrade aos portistas. Soares Dias ouviu o que tinham para lhe dizer mas acabou por treinar normalmente, tal como os restantes árbitros presentes no local.
Quem estava igualmente no centro de treinos era José Fontelas Gomes, presidente do Conselho de Arbitragem (CA). Assistiu a tudo e manteve-se no local até ao final do treino.

Quem estava igualmente no centro de treinos era José Fontelas Gomes, presidente do Conselho de Arbitragem (CA). Assistiu a tudo e manteve-se no local até ao final do treino.

Fonte da Notícia: Record