sexta-feira, 31 de maio de 2013

ONDE PAIRA O DINHEIRO... AGARREM QUE É LADRÃO...

Num dos muitos comentários espalhados pela internet nas últimas semanas o corrupto idolatrado Pinto da Costa, foi mais uma vez, erguido a heroi nacional (ou melhor da aldeola provinciana), o santo (corrupto) o deus dos frustrados e complexados por serem azeiteiros de província....
Num desses comentários um chamou-me bem à atenção... um labrego qualquer daquela terreola a cheirar a estrumeira disse e apresentou provas que o Pinto da Costa é o ÀS das negociações (com árbitros não temos dúvidas) que o Benfica tinha tido um volume de vendas de jogadores a rondar os 350 milhões e que o  clube local da Ribeira e Contumil tinha um lucro superior a 530 milhões em vendas de jogadores...

ACEITO A ESTATÍSTICA MAS...
TRIPALHADA... VOCÊS NÃO ESTRANHAM ONDE O DINHEIRO VAI PARAR...
 É QUE:



quarta-feira, 29 de maio de 2013

És amigo do Pinto da Costa? Tens carta verde para não ires para a prisão.

Supremo suspende pena de prisão a presidente da Académica


José Eduardo Simões tinha sido condenado a seis anos de cadeia por corrupção passiva e abuso de poder. Juízes dizem agora que praticamente só se limitou a beneficiar o clube.

O presidente da Académica, José Eduardo Simões, viu o Supremo Tribunal de Justiça suspender-lhe nesta quinta-feira a
pena de prisão de seis anos a que tinha sido condenado anteriormente por corrupção passiva e abuso de poder.
O dirigente desportivo havia sido sentenciado por, enquanto responsável do departamento de urbanismo da Câmara de Coimbra, ter beneficiado promotores imobiliários em troca de donativos para o clube.
“Os fins e motivos da actuação do arguido no quadro das constantes dificuldades económicas e financeiras do clube não podem deixar de interferir na percepção comunitária do crime, atenuando as exigências […] que são, por regra, reclamadas pelo crime de corrupção”, escrevem os conselheiros do Supremo Tribunal de Justiça.
Para os juízes, o caso tem contornos especiais que o afastam dos casos típicos em que a ganância é a principal motivação do crime: “Salvo uma única excepção, as vantagens destinaram-se a um clube desportivo. E mesmo a única vantagem directa recebida pelo arguido não se dissocia da vida do clube, porque foi destinada à campanha do arguido para a direcção do clube.”
O Supremo Tribunal de Justiça determinou, ainda assim, que José Eduardo Simões entregue cem mil euros a duas associações de apoio a crianças.
FONTE DA NOTÍCIA : Público

domingo, 26 de maio de 2013

Assunto: “Carta Aberta” ao Presidente da Republica

Carta publicada no Facebook, por Carlos Paz

“Meu caro Ilustre Prof. CAVACO SILVA,
Tomo a liberdade de me dirigir a V. Exa., através deste meio [o Facebook], uma vez que o Senhor toma a liberdade de se dirigir a mim da mesma forma. É, aliás, a única maneira que tem utilizado para conversar comigo (ou com qualquer dos outros Portugueses, quer tenham ou não, sido seus eleitores).
Falando de eleitores, começo por recordar a V. Exa., que nunca votei em si, para nenhum dos cargos que o Senhor tem ocupado, praticamente de forma consecutiva, nos últimos 30 anos em Portugal (Ministro das Finanças, Primeiro Ministro, Primeiro Ministro, Primeiro Ministro, Presidente da República, Presidente da República).
No entanto, apesar de nunca ter votado em si, reconheço que o Senhor:
1) Se candidatou de livre e espontânea vontade, não tendo sido para isso coagido de qualquer forma e foi eleito pela maioria dos eleitores que se dignaram a comparecer no acto eleitoral;
2) Tomou posse, uma vez mais, de livre vontade, numa cerimónia que foi PAGA POR MIM (e por todos os outros que AINDA TINHAM, nessa altura, a boa ventura de ter um emprego para pagar os seus impostos);
3) RESIDE NUMA CASA QUE É PAGA POR MIM (e por todos os outros que AINDA TÊM a boa ventura de ter um emprego para pagar os seus impostos);
4) TEM TODAS AS SUAS DESPESAS CORRENTES PAGAS POR MIM (e pelos mesmos);
5) TEM TRÊS REFORMAS CUMULATIVAS (duas suas e uma da Exma. Sra. D. Maria) que são PAGAS por um sistema previdencial que é alimentado POR MIM (e pelos mesmos);
6) Quando, finalmente, resolver retirar-se da vida política activa, vai ter uma QUARTA REFORMA (pomposamente designada por subvenção vitalícia) que será PAGA POR MIM (e por todos os outros que, nessa altura, AINDA TIVEREM a boa ventura de ter um emprego para pagar os seus impostos).
Neste contexto, é uma verdade absoluta que o Senhor VIVE À MINHA CUSTA (bem como toda a sua família directa e indirecta).
Mais: TEM VIVIDO À MINHA CUSTA quase TODA A SUA VIDA.
E, não me conteste já, lembrando que algures na sua vida profissional:
a) Trabalhou no Banco de Portugal;
b) Deu aulas na Universidade; no ISEG e na Católica.
Ambos sabemos que NADA DISSO É VERDADE.
BANCO DE PORTUGAL: O Senhor recebia o ordenado do Banco de Portugal, mas fugia de lá, invariavelmente com gripe, de cada vez que era preciso trabalhar. Principalmente, se bem se lembra (eu lembro-me bem), aquando das primeiras visitas do FMI no início dos anos 80, em que o Senhor se fingiu doente para que a sua imagem como futuro político não ficasse manchada pela associação ao processo de austeridade da época. Ainda hoje a Teresa não percebe como é que o pomposamente designado chefe do gabinete de estudos NUNCA esteve disponível para o FMI (ao longo de MUITOS meses. Grande gripe essa).
Foi aliás esse movimento que lhe permitiu, CONTINUANDO A RECEBER UM ORDENADO PAGO POR MIM (e sem se dignar sequer a passar por lá), preparar o ataque palaciano à Liderança do PSD, que o levou com uma grande dose de intriga e traição aos seus, aos vários lugares que tem vindo a ocupar (GASTANDO O MEU DINHEIRO).
AULAS NA UNIVERSIDADE: O Senhor recebia o ordenado da Universidade (PAGO POR MIM). Isso é verdade. Quanto ao ter sido Professor, a história, como sabe melhor que ninguém, está muito mal contada. O Senhor constava dos quadros da Universidade (hoje ISEG), mas nunca por lá aparecia, excepto para RECEBER O ORDENADO, PAGO POR MIM. O escândalo era de tal forma que até o nosso comum conhecido JOÃO DE DEUS PINHEIRO, como Reitor, já não tinha qualquer hipótese de tapar as suas TRAPALHADAS. É verdade que o Senhor depois acabou por o presentear com um lugar de Ministro dos Negócios Estrangeiros, para o qual o João tinha imensa apetência, mas nenhuma competência ou preparação.
Fica assim claro que o Senhor, de facto, NUNCA trabalhou, poucas vezes se dignou a aparecer nos locais onde recebia o ORDENADO PAGO POR MIM e devotou toda a vida à sua causa pessoal: triunfar na política.
Mas, fica também claro, que o Senhor AINDA VIVE À MINHA CUSTA e, mais ainda, vai, para sempre, CONTINUAR A VIVER À MINHA CUSTA.
Sou, assim, sua ENTIDADE PATRONAL.
Neste contexto, eu e todos os outros que O SUSTENTÁMOS TODA A VIDA, temos o direito de o chamar à responsabilidade:
a) Se não é capaz de mais nada de relevante, então: DEMITA-SE e desapareça;
b) Se se sente capaz de fazer alguma coisa, então: DEMITA O GOVERNO;
c) Se tiver uma réstia de vergonha na cara, então: DEMITA O GOVERNO e, a seguir, DEMITA-SE.
Aproveito para lhe enviar, em nome da sua entidade patronal (eu e os outros
PAGADORES DE IMPOSTOS), votos de um bom fim de semana.
Respeitosamente,
Carlos Paz”

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Parasita dos portugueses, a RTP.

Depois da compilação das várias noticias abaixo citadas, sobressai uma simples conclusão - A RTP não é um serviço público mas um parasita público, dos portugueses. 


Após sucessivas noticias ao longo dos anos, referindo-se á RTP como receptora de subsídios estatais de muitos milhões de euros mais as taxas da conta da EDP... Eis que surge uma noticia inesperada no contexto a que já nos tínhamos habituado.
De repente no caos fez-se luz...  a RTP ficou repleta de gestores competentes e começa a dar lucros!!!!... para alegria de todos.
Noticias à medida das necessidades!?
ÚLTIMA HORA:  RTP DÁ LUCRO (contabilidade criativa)  " O resultado líquido da RTP aumentou 1,5 milhões de euros, para 24 milhões de euros, no primeiro semestre de 2011(...)Face a 2010, os rendimentos e ganhos cresceram 7,5 milhões para 164,9 milhões de euros, quando os gastos e perdas decresceram 14,5 milhões de euros" fonte
ANTES, E AO LONGO DOS ÚLTIMOS TEMPOS O QUE SE TRANSMITIA NOS ORGÃOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL : RTP, PARASITA  DOS PORTUGUESES
"Francisco Pinto Balsemão lembra os 250 milhões de euros que a RTP recebe, por ano, de subsídios estatais." fonte
"Entre taxa encapotada, financiamento oficial e publicidade, a televisão do Estadorecebe anualmente 264 milhões de euros – uma verba que ultrapassa o orçamento do Ministério da Cultura. Mesmo assim, dá um prejuízo de 47 milhões. Para onde vai, afinal, o dinheiro do contribuinte?"A factura da EDP chega a todas as casas com electricidade em Portugal. Na conta, em letra miúda, figura um valor com a descrição ambígua de “Contribuição audiovisual”: 1,84 euros.."Em 2008, os portugueses pagaram à RTP 104 milhões de euros nesta taxa de televisão escondida nos recibos da electricidade.Mas não bastou: generoso, o Governo concedeu-lhe ainda mais 160 milhões de euros antes de impostos". fonte
"A televisão pública vai receber 89 milhões de euros (sem IVA) de indemnizações compensatórias, menos 32 milhões que em 2010. A Lusa, por outro lado, vai receber 18 milhões de euros (valor com IVA), mais cerca de 660 mil euros que em 2010." fonte
"A RTP e os operadores de transportes públicos, do Estado e privados, foram os principais responsáveis por este aumento dos subsídios ao sector empresarial, que se fixaram em 497 milhões de euros. A televisão pública beneficiou de uma subida de 2,7 milhões de euros. Ao mesmo tempo, e até ao terceiro trimestre, a RTP tinha recebido 88,15 milhões de euros em dotações de capital. Tudo junto dá 234 milhões de euros de transferências do Estado, o que compara com os 205,5 milhões de euros pagos à RTP o ano passado.A estes números serão ainda somados os 134,4 milhões de euros de receita da taxa audiovisual paga na factura eléctrica. No âmbito do pacote de medidas de austeridade para o Orçamento para 2011, aumento de 30% da taxa audiovisual representará por isso mais cerca de 40 milhões de euros, a pagar pelos portugueses através da factura de electricidade." fonte
"A estação pública vai receber mais 62 milhões do Estado, através de um aumento de capital que compensa o pagamento da dívida. Desde 2000, recebeu 2,4 mil milhões de euros dos cofres públicos. O Estado continua a injectar capital na estação pública de televisão, com o objectivo de a compensar pelo facto de as receitas comerciais se destinarem ao pagamento da dívida da empresa." fonte
"A empresa pública que recebe mais dinheiro do Estado é a RTP. Para assegurar que a RTP preste serviço público, o Estado transferiu em 2009, qualquer coisa como 143 milhões de euros para a televisão, mais um milhão do que em 2008. No total a RTP absorveu um terço do total destas indemnizações, mais do que a TAP (9 milhões de euros), a CP (34,7 milhões de euros), a Carris (54 milhões de euros), o Metro de Lisboa (28 milhões de euros) e o Metro do Porto (12,5 milhões de euros).fonte

UMA EMPRESA que presta serviço público?
- O melhor serviço público que deveria prestar, era deixar parasitar os nossos impostos.
- Pagar ás suas pseudo vedetas os ordenados de luxo, com os lucros, em vez de usar os impostos cobrados ao povo.
- Podiam ainda fazer o serviço público de perguntar ao PÚBLICO se estão dispostos a pagar por uma TV que de público apenas tem as injecções de milhões do erário PÚBLICO.
É o desmazelo...
Querem um canal público? Comprem um horário em cada canal das privadas e façam lá o vosso serviço público. Certamente fica mais barato e acaba-se com os canais ao serviço dos partidos do governo. E o albergue de boys. Tendenciosos, duvidosos e dispendiosos.


Fonte da Notícia: Apodrece Tuga

quinta-feira, 23 de maio de 2013

"Isto faz cheirar ao Apito Dourado"

Avaliação: Árbitros surpreendidos com revisão de notas

"Isto faz cheirar ao Apito Dourado"

Mudança de critérios pode levar juízes a apresentarem recurso à justiça da Federação

Isto faz cheirar ao ‘Apito Dourado’ [processo de corrupção no futebol]" – este foi o comentário de um árbitro que ficou surpreendido com um email do "doutor Vítor Pereira", presidente do Conselho de Arbitragem (CA) da FPF, no qual dava conta da alteração de notas relativa à 2ª avaliação (teste escrito), que pode ter implicações na classificação.

Outro dos 25 juízes que dirigem os jogos das competições profissionais (Liga e II Liga) não hesitou em dizer ao Correio da Manhã que ficou "muito surpreendido" com esta posição do CA. "Os árbitros que ficaram classificados no limite da nota positiva – 72 pontos – vão recorrer, pois arriscam-se a ficar com 65, nota negativa. É evidente que esta alteração poderá ter graves implicações, nomeadamente na questão das descidas", observou.

Em causa, segundo as fontes contactadas, está uma pergunta no teste que tem a ver com a marcação de penáltis, em que o jogador que cobrar tem de se identificar junto do árbitro. Uma circular enviada pelo Conselho de Arbitragem aos juízes diz que, caso seja outro jogador a apontar a grande penalidade, o infrator deve ser punido com o cartão amarelo e a sua equipa penalizada com livre indireto, marcado no local de onde partir para a bola. "Essa foi a resposta que a maioria dos árbitros apontaram como correta, mas, agora, o Conselho de Arbitragem vem dizer que, de acordo com o International Board, a resposta correta era outra: o livre indireto deveria ser apontado na marca de grande penalidade", afirmou a mesma fonte, frisando "desconfiar" de que só os árbitros internacionais é que terão dado esta resposta.

"Só eles é que têm mais contactos com a estrutura de arbitragem da UEFA, que tem uma ligação mais estreita com o Internacional Board [organismo que define as regras no futebol]", vincou a mesma fonte, que solicitou não ser identificada. O email do CA foi enviado para os árbitros no início desta semana.

Fonte da Notícia: CORREIO DA MANHÃ

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Boavista o clube de futebol mais antigo do Norte

OU O FC DO PORTO É UM CLUBE DE MENTIRAS...

EM 1976 COMEMORAVA 70 ANOS DE IDADE, 37 ANOS DEPOIS O FC DO PORTO FAZ 120 ANOS?

70+37 = 107

PINTO DA COSTA ATÉ A IDADE DO CLUBE INVENTOU.... CORRUPTOS, MENTIROSOS...


domingo, 19 de maio de 2013

AJUDE-NOS A LUTAR CONTRA A CORRUPÇÃO

ENVIE-NOS PROVAS DE CORRUPÇÃO, FOTOS, VIDEOS, RECORTES DE JORNAIS

UM POVO POBRE É MAIS FÁCIL SER CORROMPIDO

CORRUPÇÃO GERA POBREZA


AJUDE-NOS A LUTAR CONTRA A CORRUPÇÃO

(Os seus contactos não serão publicados ou fornecidos a terceiros sobre qualquer forma)


Apito Dourado: suspeitas envolveram 18 dos 25 árbitros da Liga de Futebol

Paulo Costa, João Ferreira e Duarte Gomes são os únicos árbitros internacionais sobre os quais nunca recaíram indícios de corrupção. Dos restantes, há árbitros que foram constituídos arguidos em Gondomar e outros que foram alvos de certidões por indícios de crime.



Dos 25 árbitros que actualmente se encontram na primeira categoria do futebol profissional a apitar jogos da I e da II Liga, só sete nunca foram referidos nas quase mil folhas que compõem o despacho final do Ministério Público de Gondomar, no processo
que ficou conhecido como Apito Dourado.
Dos nove internacionais também há apenas três sobre os quais nunca recaiu qualquer suspeita. São eles Paulo Costa, João Ferreira e Duarte Gomes, das associações distritais do Porto, Setúbal e Lisboa, respectivamente, sendo que os restantes, da primeira categoria, são Vasco Santos e Carlos Duarte (promovidos este ano), bem como Hélio Santos, de Lisboa, e Rui Manuel Costa, do Porto.

Dos restantes árbitros que fazem parte das divisões maiores do futebol português há situações diversas. Em alguns casos, o Ministério Público de Gondomar constituiu-os liminarmente arguidos, por estarem em causa diversas suspeitas. Noutras situações os referidos árbitros não chegaram a ser constituídos arguidos, mas sobre eles recaíram indícios de corrupção. Um dos exemplos é o caso que envolveu Hugo Miguel, recentemente promovido, que na época 2002/2003 arbitrou o jogo Porto B/Gondomar. O encontro acabou empatado e os investigadores apuraram que o árbitro e a respectiva equipa foram "premiados" com objectos em ouro. A situação acabou depois por ser arquivada, porque a má qualidade de som da fita gravada impedia que as incidências do jogo pudessem ser analisadas pela equipa de peritos.

Investigações diversas

Actualmente, são nove os árbitros que estão incluídos no quadro da FIFA. Lucílio Baptista, Paulo Paraty e Bruno Paixão foram constituídos arguidos no processo de Gondomar. Dos que actualmente se encontram na primeira categoria do futebol foram também constituídos arguidos, por suspeita de corrupção desportiva, mais nove árbitros: Artur Soares Dias, Augusto Duarte, Carlos Xistra, Cosme Machado, João Vilas-Boas, Nuno Almeida, Paulo Pereira, Paulo Baptista e Rui Silva.

Dos restantes, os casos em análise são diferentes. Elmano Santos, da Madeira, aparece envolvido na arbitragem do jogo Benfica-Boavista, a 18 de Janeiro. O seu nome foi indicado por Valentim Loureiro. que um dia antes do jogo lhe telefonou e deu-lhe conta de que teria sido absolvido num processo disciplinar instaurado pela LPPF. O Boavista perdeu o jogo por 3-2 e Elmano Santos foi novamente abordado pelo presidente da Liga. Pode ler-se no despacho do MP que Valentim Loureiro estaria bastante irado, dando conta a Elmano Santos de que poderia ser alvo de outro processo. O árbitro disse depois ao procurador que só nesse momento percebeu que a "absolvição" havia sido uma prenda e que a sua nomeação não era "inocente". Deste caso foi extraída certidão para o DIAP do Porto, sendo que do relatório dos peritos ressalta que os erros do árbitro foram em igual número para ambas as equipas.

Quanto a Jorge de Sousa, as duas referências dizem respeito a jogos da II Liga. O primeiro envolve José Veiga e o encontro foi o Estoril-União da Madeira, a 7 de Março de 2004. O actual director-geral do Benfica pediu a Pinto de Sousa que fosse aquele o árbitro nomeado e o dirigente da Federação garantiu que falaria com o árbitro para ajudar o Estoril. O nome de Jorge de Sousa voltou depois a ser referido antes de um encontro Marco-Maia, a 14/3/2004, quando Avelino Ferreira Torres falou com Pedro Sanhudo (do Núcleo de Árbitros do Baixo Tâmega) para que aquele abordasse o referido árbitro. Disse que já tinha "controlado" o observador e deu conta de que conseguia falar com um amigo de Jorge Sousa, para que aquele beneficiasse o seu clube. O MP já arquivou o processo por não ter conseguido determinar se Jorge Sousa foi ou não contactado.

Olegário Benquerença (também internacional) é outro dos "não arguidos" que foram investigados pela PJ. As suspeitas surgiram depois da conversa de um dirigente do Penafiel com Valentim, onde aquele deu conta de que lhe agradava a nomeação do árbitro de Leiria. Aquele, aliás, faria parte de uma lista que tinha elaborado, onde estariam referidos os nomes dos árbitros nomeáveis. O jogo foi ganho pelo Penafiel ao Salgueiros, por 1-0, e o caso foi mais tarde arquivado.

Pedro Henriques (igualmente internacional) também não é arguido. Mas nesse caso o procurador entendeu que já havia indícios de crime e extraiu uma certidão para que fosse investigado. Carlos Teixeira fala na possibilidade daquele árbitro ter cometido o crime de corrupção desportiva na forma passiva, depois de ter passado de 4.º para 3.º lugar nas classificações. A PJ interceptou chamadas entre Pinto da Costa e Pinto de Sousa a falarem do árbitro, bem como entre Pinto de Sousa e António Garrido, onde o primeiro dava conta ao segundo de que a classificação havia sido alterada.

Pedro Proença está na mesma situação (não foi constituído arguido, mas está indiciado por corrupção, em factos sobre as quais foram extraídas certidões). O jogo em causa é a final da Supertaça 2002/2003, que opôs o FC Porto ao União de Leiria. Pedro Proença foi escolhido por Pinto da Costa e Pinto de Sousa reconheceu ter aceite a indicação do presidente dos azuis e brancos porque "andaram juntos no colégio".


FONTE DA NOTÍCIA: Publico

Pinto da Costa criou um "monstro"

O presidente Pinto da Costa há 31 anos no poder e outros tantos a conspurcar o futebol nacional criou um monstro.

 A nivel desportivo a monstruosidade do clube é por demais associada a factos menos claros, sendo mais correcto é associado a corrupção e se dúvidas existem, o Youtube e a net dissipam quaisquer dúvidas que continuam a povoar a cabeça de juízes ou mesmo do governo que por medo, intimidação ou corrupção teimam em não intervir, mas não só os sucessivos governos se calam como as oposições de qualquer partido ficam de bico calado, não ouvimos por parte de nenhuma bancada partidária a exigência de justiça ou prisão para Pinto da Costa e seus "partners in crime", antes pelo contrário homenageiam e condecoram-no, tudo muito à maneira portuguesa, em qualquer outro país estaria na cadeia há muito.

O "monstro" criado nada mais passa que uma associação entre polícias das esquadras do Porto e os gangues da Ribeira/Superdragões, os criminosos mais perigosos da cidade, além de protegerem Pinto da Costa ainda intimidam, não só pela Ribeira ou cidade do Porto como por todo o país, a casa do presidente do Paços de Ferreira Carlos Barbosa assaltada, a casa de Luis Filipe Vieira assaltada a Federação Portuguesa de Futebol assaltada (disseram existir provas filmadas e não só dos criminosos e agora este estranho silêncio).

Pinto da Costa chamou para perto de si, alguém que por fora lhe garantísse vitórias dentro das quatro linhas,  com ameaças, pressões, agressões e não só a agentes do futebol, o "fino" tratamento também foi dado a jornalistas, empresários, advogados e até a políticos...

Só que Pinto da Costa  perdeu o controle, o FC Porto tinha os gangues da Ribeira, agora são os gangues da Ribeira que têm o FC do Porto, um resultado mais negativo do FC do Porto, num jogo decisivo como o de hoje em Paços de Ferreira, podem levar à morte na praia, literalmente... o risco é enorme, Vitor Pereira e sua familia podem sair muito maltratados de um possivel resultado negativo e nem o seu palavreado sem "açaime" anti-Benfica o poderá safar, ou ganha... ou foge e de preferência para fora do país, apesar dos contactos avançados pelo Sporting para a sua contratação a resposta será sempre um NÃO... o medo impera e mesmo Pinto da Costa que criou o monsto não estará a salvo... portanto hoje só existe um possivel resultado ou a vitória do FC do Porto que tem que ser garantida a todo o custo ou um resultado negativo e a direcção e equipa técnica a terem que sair escondidinhos pelas traseiras e Vitor Pereira e a sua família fazerem as malas com urgência para fora do país...

sábado, 18 de maio de 2013

Jogadores do Paços de Ferreira ameaçados


«Jogadores do Paços ameaçados!




O "braço-armado" portista sabe onde trabalham esposas e familiares, sabem os nomes e onde estudam os filhos.
Devido a esta situação (pelo menos) dois jogadores normalmente titulares pediram a Paulo Fonseca dispensa do jogo. Foi recusado pelo treinador. Mau estar instalado no clube.
Jogadores do Paços amedrontados, desconcentrados só querem que o jogo passe depressa, que o porto seja campeão e que possam voltar à vida normal com a sua familia.

* Adeptos Pacenses agredidos e roubados.

Para conseguir o máximo dos bilhetes possíveis, elementos das claques portistas têm estado a semana todo em Paços. Agrediram adeptos adversários e roubaram os poucos que já tinham conseguido bilhete. Vários relatos inclusive de idosos mal tratados. Poucos adeptos Pacenses estarão presentes no jogo de Domingo. O medo e o terror dominam a cidade. Um clube pacato, sem grande força popular e mediática "come e cala".
Vários novos sócios do Paços nos últimos dias. Todos da zona do porto. Consta-se que todas estas inscrições foram suportadas pelo fcp e todos estes novos sócios são membros dos grupos de apoio organizado do clube. Algo que seria muito fácil de investigar por quem de direito… Objectivo "silenciar e controlar" as reduzidas áreas de sócios Pacenses.


* Josué, jogador preponderante na equipa do Paços e membro dos "Superdragões" desde há muitos anos, garantiu no seu circulo de "amigos" que estava tudo controlado. Tem sido constantes os encontros entre neste atleta e alguns dos mais conhecidos membros da claque portista. Segundo palavras do mesmo "não há razão para preocupações, o porto será campeão ou… Campeão".

Josué tem também aconselhado colegas a não se armarem a heróis porque "aquela malta não brinca". Este talentoso médio tem servido como uma espécie de infiltrado daquele grupo de marginais no balneário Pacense. Domina os mais fracos, demove os indecisos e denuncia os íntegros. Estes últimos os principais alvos do terror psicológico em relação às familias.

* Ameaças de que o jogo nunca chegará ao fim se algo estiver a correr mal e de que o Paços dentro de anos disputará as divisões amadoras…

* Ameaças aos habitantes locais de uma enorme invasão portista à cidade! É melhor para todos, para a terra e os seus habitantes que nada "falhe".
Ideia generalizada e desejo de toda a cidade, cidadãos, adeptos do clube, jogadores e dirigentes que toda esta gente ganhe, fique feliz e se vá embora. De vez.

Em Paços de Ferreira, e em muitos lugares da cidade do Porto sabe-se tudo isto e muito mais. Poucos aceitam dar a cara e falar com medo de represálias e os outros gabam-se, gozam e… Já festejam! Tudo às claras, tudo sob um silêncio comprometedor de milhares de jornalistas, centenas de rádios, tv's e jornais. Só interessa falar no futuro do Jesus, no Gaitan para o Manchester, no Garay de volta para o Real Madrid..."

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Terroristas americanos – Tudo o que a mídia esconde


Vera Durante a Leitura a Maioria São De 2003, Mas Isso Não Quer Dizer Que Não Acontece Hoje Em Dia Pelo Contrario.
Todos Os Dias Soldados Americanos Usam e Abusam De “Seus Poderes” e Das Pessoas, Casas São Invadidas, Pessoas São Mortas, Mulheres, Crianças São Violentadas Isso Claro Mulçumanos Eles Que São Tão Preservados.
Mas Entrando Mas Na Matéria Temos Curiosidades Por que Menos de 28% Da Mídia Exibi Essas Torturas e Quando Tocam No Assunto, é Modo Comum, Normal, Já quando o “outro lado” Faz Algo é Gravemente Criticado, Não Pensa Que Estão Querendo Apenas Se Defender?!
“Há chocantes imagens de estupro de mulheres e prisioneiros iraquianos entre as fotos que foram censuradas recentemente pela administração Barack Obama, garante um general aposentado americano em entrevista ao jornal “Daily Telegraph”. ” 28/05/2009
Duvida:
Carlos Newton
Todos os jornais, rádios e televisões anunciam que o líder da AL-Qaeda, Osama Bin Laden, mentor dos atentados de 11 de Setembro, foi morto ontem no Paquistão, com um tiro na cabeça, em operação que teria sido comandada diretamente pela Casa Branca, com apoio do governo paquistanês. É notícia a ser comemorada, não há dúvida.
Mas por que não foram exibidas imagens do corpo do terrorista? Em que circunstâncias foi morto? Resistiu ou foi executado? Até agora, ninguém sabe. Vamos aguardar, então.

Segundo o “New York Times”, o corpo do terrorista foi levado para o Afeganistão e depois sepultado no mar, seguindo as tradições muçulmanas. De acordo com o NYT e a agência de notícias Associated Press, o funeral seguiu o preceito americano de enterrar o corpo no mesmo dia da morte. Ao mesmo tempo, divulgou a agência AP, as autoridades americanas justificaram o enterro no mar afirmando que seria difícil encontrar um país que aceitasse receber o corpo de um dos mais procurados líderes extremista do mundo.
O governo americano está fazendo testes de DNA com os restos mortais de Osama Bin Laden e usou técnicas de reconhecimento facial para ajudar em sua identificação, disse um porta-voz dos Estados Unidos nesta segunda-feira. Mas os resultados só devem estar disponíveis nos próximos dias.


Por que só nos próximos dias? Era Bin Laden ou não? Por que ainda não exibiram as imagens do terrorista morto? Por que esse sepultamento no mar, tão rapidamente, “seguindo o preceito americano de enterrar o corpo no mesmo dia da morte”? Michael Jackson e Liz Taylor demoraram dias e dias para serem sepultados. O tal “preceito americano” não foi seguido?

A morte de Bin Laden é para ser comemorada por todas as pessoas do bem, mas os americanos, à primeira vista, parecem não estarem conduzindo adequadamente esse assunto, que é muito delicado. Por isso, ao anunciar a morte do terrorista, o presidente americano Barack Obama já frisou que  que sua guerra é contra o terror, e não contra o islamismo. E o governo dos Estados Unidos advertiu no domingo a seus cidadãos em todo o mundo de que existe um risco maior de violência contra americanos após a morte de Osama Bin Laden.
“Dada à incerteza e a volatibilidade da atual situação, pedimos aos cidadãos americanos em áreas em que eventos poderiam causar violência contra os Estados Unidos para limitar os movimentos fora de suas casas ou hotéis e também evitar multidões ou protestos”, disse o Departamento de Estado dos EUA em um comunicado.