quarta-feira, 31 de julho de 2013

"No FC Porto é só mafiosos"

Caso: Mulher de Christian Atsu acusa portistas

"No FC Porto é só mafiosos"

Ganês manifestou vontade de deixar clube para "concretizar sonhos". Dragões já rejeitaram proposta de quatro milhões de euros do Liverpool.
Por:João Tavares
Casada há um ano com Christian Atsu, a alemã Marie-Claire Rupio, de 19 anos, manifestou ao ‘site’ ganês ‘ghanasoccernet’ toda a revolta pela maneira como os dirigentes do FC Porto estão a lidar com o atleta após este ter manifestado vontade em sair. "No FC Porto é só mafiosos. Como é que eles podem estar a fazer-lhe isto?", questionou a jovem "Mas ele vai conseguir o que quer", observou.

Marie-Claire diz também que o jogador está a ser alvo de perseguição, isto depois de ter anunciado na rede social facebook, há mais de uma semana, a vontade de abandonar o emblema portista, para assim poder "concretizar sonhos".
O internacional ganês, que tem mais um ano de contrato e uma cláusula de rescisão de 10 milhões de euros, não foi apresentado pelo clube no jogo com o Celta (1-0), no domingo, não participou na pré-temporada orientada por Paulo Fonseca e treina com a equipa B.

O empresário do jogador confirmou que o FC Porto rejeitou uma proposta de 4 milhões de euros do Liverpool. Sporting e Benfica, como o CM noticiou, estão atentos à situação do extremo de 21 anos.

A jovem, que conheceu Atsu quando este estava emprestado ao Rio Ave e decidiu trocar a cidade de Hamburgo por Vila Nova de Gaia, já afirmou adorar o estilo de vida português desde que veio ao país pela primeira vez, quando tinha 14 anos.


Fonte da Notícia: CORREIO DA MANHÃ

terça-feira, 30 de julho de 2013

THIS IS FC PORTO SCHOOL: CORRUPTION... VIOLENCE... FRAUDS

FC Porto (Portugal) against Celta from Spain...

Supposed to be a friendly game, but the FC Porto school for criminals is this...
A corruption guided team with a corrupt chairman involved in frauds, scams, prostituiton, violence, ivory illegal trade and other illegal actions, someone whos bodyguards are mixed between corrupt police officers and criminals from Ribeira in Oporto city.

Vergüenza llamada FC Porto

CELTA

El amistoso acaba en pesadilla

La afición céltica denuncia agresiones y amenazas de la hinchada lusa

26 votos
La afición del Celta desplazada a Oporto todavía estaba despertando ayer de la «pesadilla» en la que, aseguran, se convirtió el partido del domingo en O Dragão. En un compromiso para el que el celtismo se había movilizado de una forma sorprendente en pretemporada, y ante un equipo que algunos consideran «hermano», se encontraron con una actitud hostil por parte de la hinchada rival que les hizo «pasar mucho miedo». Para algunos, la cosa fue más allá, llegando a sufrir violencia física y verbal, así como robos.
Varios miembros de la Peña Dani Abalo fueron agredidos a la salida del estadio. «Por la mañana ya nos recibieron con escupitajos, pero en ese momento -les retuvieron una hora dentro del estadio tras la conclusión- ya íbamos confiados. Notamos que nos perseguían, apuramos y nos arrinconaron. Empezaron a patadas y puñetazos», relata David Abalo, que iba con cuatro amigos. Les robaron camisetas y bufandas. «Escapamos como pudimos. Fue un buen susto», describe. Dos necesitaron asistencia médica.
Las bufandas y camisetas que a unos les sustrajeron, otros se las quitaron antes. «Hubo quien compró ropa para pasar desapercibido. La tensión vivida no era normal. Quién más y quién menos estaba muy asustado», explica David Penela, que abandonó O Dragão en el minuto 80 «para evitar males mayores».
«Te mataban con la mirada»
Tampoco Marta Saiz esperó al final. «No disfrutamos del partido, ya era lo de menos. Queríamos salir de allí cuanto antes», dice sobre la que considera «la peor experiencia» de su vida en un campo de fútbol. Los problemas habían empezado ya al mediodía. «Los reventas nos amenazaron y no nos dejaban acceder a las taquillas», recuerda. Luego se refugiaron en un centro comercial. «Te mataban con la mirada. Nos sentíamos vigilados y vimos gente con labios rotos. Fue horroroso», lamenta.
Algunos autobuses célticos fueron escoltados a su llegada tras los incidentes previos. «Se perdió el sentido del amistoso. No nos podíamos imaginar que fuera a pasar algo así», dice Víctor, de Carcamáns. Para Berto Carballo, de Preferencia, lo ocurrido «empañó por completo un partido que era para disfrutar».
Otro de los afectados fue la Peña Lío en Río, que así lo confirmaba ayer, pero prefería no hacer declaraciones. Según otras fuentes, este colectivo también sufrió agresiones y el robo de un teléfono móvil.
Dentro del estadio, los insultos fueron una constante. Lamentan también que no se respetara el minuto de silencio en memoria de las víctimas del accidente de tren de Santiago. «Fue todo una salvajada. Había gente con guantes de boxeo. Una batalla campal», dice Amador, de la Peña Jorge Otero. Él iba con sus hijos: «Si estoy solo y tengo que chupar dos bofetadas me preocupa menos, pero con los niños...», subraya. «Fue peor que un derbi en Coruña».
Todos apuntan en que la organización del Oporto, que les dispersó por el estadio tras ofrecer menos espacio del prometido, no contribuyó a mejorar las cosas. Coinciden, también, en que nunca volverán a O Dragão.


Fonte da Notícia: La Voz de Galicia

sexta-feira, 26 de julho de 2013

A VERDADE SOBRE ESTA INJUSTIÇA!!

Por Luis Narciso Felix:


Por mais suspeito que eu possa ser, nada me impede de tornar publico o que muito poucas pessoas sabem:A VERDADE SOBRE ESTA INJUSTIÇA!!!!!!...ou seja:
O "Velho" Narciso, mais propriamente, o SR.NARCISO LUIZ GRAVE JUNIOR, progenitor da família Narciso, e ilustre mentor do Projeto Particular mais arrojado da Costa do Estoril na época dos anos 50/60.O Edificio Narciso, construído pelo próprio, com os recursos do trabalho familiar e de todos os sacrifícios que daí advieram, sempre criaram invejas injustificáveis.Inveja por alguém que teve a coragem de esperar 19 anos pela autorização camarária para iniciar a construção de um edifício, que viria a ser ícone da Costa do Sol, e posteriormente Costa do Estoril.Este SR. que foi o pioneiro nas mais diversas áreas de investimento e divulgação da Zona além fronteiras, desde a publicidade do que havia na "linha", de promover, patrocinar, reservar áreas especificas para a pratica de surf na Praia de Carcavelos, contra tudo e todos pagar do seu proprio bolso a vinda de equipas de Espanha, França e Inglaterra para disputar um campeonato , em promover os surfistas como os nadadores salvadores mais competentes que existiram, e que posteriormente, as próprias autoridades apadrinharam, mas que no inicio eram considerados como Marginais, Drogados e acima de tudo Parasitas.Quem não se lembra das famosas rusgas efetuadas pelos Cabos do Mar, com armas em punho, durante o Verão para apreender as pranchas de surf dos que estavam na àgua a surfar e a SALVAR OS BANHISTAS...mas esta parte não interessa divulgar.
Pois a única pessoa que fez frente ao Comandante da Capitania na altura, foi só o NARCISO.
Saltando um punhado de décadas, quando um suprassumo decidiu efetuar uma plano de secretaria para a restruturação da Costa Portuguesa, incluindo os Estabelecimentos aí colocados, uns com licenças vitalícias-POSTERIORMENTE REVOGADAS e outros que nem tão pouco as tinham, começaram os Lobbys de interesses e injustiças.Aos que não tinham tido a possibilidade de lhes ser atribuída uma concessão anteriormente, bastava apresentar um projeto com os novos requisitos, ou seja, os estabelecimentos com base de "BARRACA DE MADEIRA", em prol dos edifícios de Alvenaria, que eram grandes, ocupavam muito espaço e não se enquadravam nesse mesmo projeto.Estes deveriam ser redimencionados, demolidos ou parecido.Isto foi o que foi proposto inicialmente à Filha do Narciso, e esta, por não ter seguido os desejos de um antigo Ministro do Ambiente e não só, viu o trabalho de uma vida, do seu Pai, ser sistematicamente perseguido, marginalizado, oprimido e acima de tudo, de tudo foi feito para a asfixiar financeiramente e ter de ceder, como outros fizeram, onde o resultado seria OFERECER a propriedade privada a favor de ideais de quem pretendia e pretende a todo o custo alienar a favor de alguém o que não lhes pertence!Pois, com o que estes senhores nunca contaram, foi que a família NARCISO é rija e determinada, e apesar de todo o património do Narciso ter desaparecido para sustentar a defesa dos interesses do Edificio e da Familia , a luta será para ir até às ultimas instancias, pois atitudes destas são ULTRAJANTES, e além de mais, nenhum dos envolvidos nesta disputa, "OS TEVE NO SITIO PARA DAR A CARA", resguardando-se no nome do Ministério do Ambiente e Instituto da Àgua.
O aspeto visual do edifício a esta data, todo entaipado, é criação da Camara de Cascais em dada altura, privando os DONOS de usufruírem daquilo que pagaram do seu bolso, tijolo a tijolo, pedra por pedra.
Tal como eu, deverão existir milhares de utentes que não consideram que estas atitudes são dignas de um Estado DEMOCRATICO.Talvez mesmo, só os que invejaram o NARCISO!!
E para essas pessoas o que é meu, é só meu , e o que é teu é NOSSO...

sexta-feira, 5 de julho de 2013

VALE E AZEVEDO... O MAU DA FITA?

PARA QUEM FÔR UM POUCO INTELIGENTE DEIXO AQUI UM DESAFIO: JUNTEM AS PEÇAS DO PUZZLE:

ISTO BASEADO EM NOTÍCIAS DE JORNAIS DA ÉPOCA E DE PESSOAS QUE TRABALHAVAM NO CLUBE:

- ULTIMA SEMANA DE VALE E AZEVEDO A PRESIDENTE DO SLB, ANTES DA ELEIÇÕES, DESAPARECEM DOCUMENTOS DA SEDE DO SLB, VALE E AZEVEDO APRESENTA QUEIXA NA JUDICIÁRIA

- CAMPANHA PARA AS ELEIÇÕES, EUSÉBIO GANHA 1000 CONTOS POR MÊS PARA REPRESENTAR O BENFICA, DÁ UM ABRAÇO EM VILARINHO QUE GANHA AS ELEIÇÕES, EUSÉBIO PASSA A AUFERIR 5000 CONTOS/MÊS

- ELEIÇÕES - VALE E AZEVEDO PERDE AS ELEIÇÕES, COM A PROMESSA FALSA DE VILARINHO DE TRAZER JARDEL (JARDEL FOI PROMETIDO POR PINTO DA COSTA A VILARINHO, QUE DEPOIS O DESVIOU PARA ALVALADE, NÃO VOLTOU AO FCP PARA NÃO CAUSAR DESCONFIANÇA), VILARINHO FICOU DE MÃOS ATADAS, PINTO DA COSTA TINHA O ALDRABADO

- VILARINHO GANHA AS ELEIÇÕES, PASSADA UMA SEMANA OS DOCUMENTOS DESAPARECIDOS VOLTAM AO SÍTIO ONDE ESTAVAM, VILARINHO RETIRA A QUEIXA DA JUDICIÁRIA

- VALE E AZEVEDO É ACUSADO DE DESVIAR 250 MIL CONTOS DOS COFRES DO BENFICA, VEM-SE A SABER QUE ERA DINHEIRO QUE VALE E AZEVEDO TINHA POSTO DO SEU BOLSO PARA PAGAR EMPREGADOS, MAIS TARDE SAI NO JORNAL A BOLA QUE O BENFICA ESTÁ A DEVER 1 MILHÃO E 400 MIL CONTOS A VALE E AZEVEDO, DINHEIRO QUE O PRÓPRIO TINHA INTRODUZIDO NO CLUBE, VILARINHO SEM SABER O QUE FAZER TENTA PAGAR EM PASSES DE JOGADORES, ALGO QUE VALE E AZEVEDO NÃO ACEITOU...

AS NOTÍCIAS DA DÍVIDA DO BENFICA A VALE E AZEVEDO DESAPARECEM DE TODOS OS MÍDIA E COMEÇA A PERSEGUIÇÃO A VALE E AZEVEDO...

QUEM LEU OS JORNAIS NA ÉPOCA SABE QUE ISTO TUDO É VERDADE...

MAS HÁ MAIS:

JOÃO VIEIRA PINTO CRIA MAL ESTAR DENTRO DO BENFICA, VALE E AZEVEDO MANDA EMBORA JVP, ESTE DIZ TER-SE ARREPENDIDO DE NÃO IR JOGAR PARA O FCP, HOJE EM DIA SEM ESTUDOS É CANDIDATO POLÍTICO NA CIDADE DO PORTO...

O NEGÓCIO DE Sergei Ovchinnikov PARA O FCP QUE LEVOU VALE E AZEVEDO Á CADEIA, ENVOLVE O ENTÃO PRESIDENTE DO ALVERCA... HOJE PRESIDENTE DO BENFICA E SÓCIO DE SCP E FCP (HÁ MAIS TEMPO SÓCIO DO FCP QUE DO SLB) LUIS FILIPE VIEIRA

NÃO ESQUECER QUE LUIS FILIPE VIEIRA FOI INFILTRADO NO CLUBE POR VILARINHO E NÃO POR VONTADE DOS SÓCIOS...

AGORA JUNTEM AS PEÇAS DO PUZZLE E VEJAM QUE ALGO DE MAL CHEIROSO E PÔDRE VAI NO REINO DA ÁGUIA...

SÃO MENTIRAS? VEJAM OS JORNAIS DA ÉPOCA... E DEPOIS O ESTRANHO E COVARDE SILÊNCIO EM REDOR DAS DÍVIDAS DO SLB PARA COM VALE E AZEVEDO E A TOTAL PERSEGUIÇÃO DOS MÍDIA A VA...

NÃO ESQUECER QUE AO QUE VOCÊS CHAMAM DE JUSTIÇA APLICADA A VALE E AZEVEDO TEM SIDO ESQUECIDA E NÃO TEM SIDO APLICADA A PINTO DA COSTA, VALENTIM LOUREIRO E MUITOS OUTROS...

NÃO ACHAM ESTRANHA ESSA "JUSTIÇA"

NÃO ESQUECER AINDA QUE VALE E AZEVEDO FOI O PRIMEIRO A DESAFIAR A OLIVEDESPORTOS, RASGANDO OS CONTRATOS E FOI O ÚNICO A ENFRENTAR O PINTO DA COSTA, CHAMANDO OS "BOIS" PELOS NOMES, INCLUSIVÉ CHAMAR O FCP DE CLUBE DE BAIRRO...

quarta-feira, 3 de julho de 2013

RATOLÂNDIA - PORTUGAL

QUALQUER SEMELHANÇA COM PORTUGAL
É PURA COINCIDÊNCIA...

Marido de Maria Luís Albuquerque contratado pela EDP

 - NOTA DO WEBMASTER: CORRUPÇÃO E FAVORECIMENTOS


O ex-jornalista, dispensado do Diário Económico, acaba de assumir funções de consultor na empresa que a mulher privatizou


António Albuquerque, jornalista da área económica dispensado pelo Diário Económico há cerca de dois meses, começou recentemente a prestar serviços de consultoria nos projetos fora de Portugal do grupo EDP, segundo apurou a VISÃO. Albuquerque é casado com Maria Luís, a nova ministra das Finanças que, no último dia de 2011, enquanto secretária de Estado do Tesouro, concluiu a venda de uma participação de 21,35% na elétrica aos chineses da Three Gorges, por 2 700 milhões de euros. A EDP, presidida por António Mexia, é hoje uma empresa 100% privada, maioritariamente detida por aquele grupo estatal chinês.
Essa operação de venda aos chineses está a ser investigada pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), onde Maria Luís Albuquerque já foi prestar explicações sobre eventuais pressões a que poderá ter sido sujeita durante a privatização. A investigação destina-se a esclarecer suspeitas de tráfico de influências, depois de, no âmbito da operação Monte Branco, José Maria Ricciardi, presidente do BESI, ter sido escutado em conversas com o ministro dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, e com o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho. Nesse âmbito, foram já realizadas buscas ao Caixa BI, BESI e Parpública, entidades que, a par da consultora Perella, estiveram envolvidas na privatização da EDP e da REN.
O ex-jornalista ingressou no Diário Económico depois de uma passagem pela agência de comunicação Cunha Vaz & Associados. Após a nomeação da mulher para o Tesouro, no final de junho de 2011, deixou de exercer cargos executivos naquele diário especializado em economia, detido pela Ongoing. Em finais de 2012, foi incluído numa lista de cerca de duas dezenas de funcionários a dispensar pela empresa, tendo chegado a um acordo de rescisão há cerca de dois meses. Seguiram-se algumas semanas no desemprego, até ser contratado a prazo pela EDP, com as funções de consultor. Esta informação foi prestada por um porta-voz da elétrica, sem precisar, no entanto, a data nem o âmbito do processo de recrutamento a que o marido da ministra das Finanças foi sujeito. Contactado pela VISÃO, António Albuquerque disse nada ter a acrescentar ao que a EDP já tinha confirmado.

FONTE DA NOTÍCIA: Visão