sexta-feira, 24 de maio de 2013

Parasita dos portugueses, a RTP.

Depois da compilação das várias noticias abaixo citadas, sobressai uma simples conclusão - A RTP não é um serviço público mas um parasita público, dos portugueses. 


Após sucessivas noticias ao longo dos anos, referindo-se á RTP como receptora de subsídios estatais de muitos milhões de euros mais as taxas da conta da EDP... Eis que surge uma noticia inesperada no contexto a que já nos tínhamos habituado.
De repente no caos fez-se luz...  a RTP ficou repleta de gestores competentes e começa a dar lucros!!!!... para alegria de todos.
Noticias à medida das necessidades!?
ÚLTIMA HORA:  RTP DÁ LUCRO (contabilidade criativa)  " O resultado líquido da RTP aumentou 1,5 milhões de euros, para 24 milhões de euros, no primeiro semestre de 2011(...)Face a 2010, os rendimentos e ganhos cresceram 7,5 milhões para 164,9 milhões de euros, quando os gastos e perdas decresceram 14,5 milhões de euros" fonte
ANTES, E AO LONGO DOS ÚLTIMOS TEMPOS O QUE SE TRANSMITIA NOS ORGÃOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL : RTP, PARASITA  DOS PORTUGUESES
"Francisco Pinto Balsemão lembra os 250 milhões de euros que a RTP recebe, por ano, de subsídios estatais." fonte
"Entre taxa encapotada, financiamento oficial e publicidade, a televisão do Estadorecebe anualmente 264 milhões de euros – uma verba que ultrapassa o orçamento do Ministério da Cultura. Mesmo assim, dá um prejuízo de 47 milhões. Para onde vai, afinal, o dinheiro do contribuinte?"A factura da EDP chega a todas as casas com electricidade em Portugal. Na conta, em letra miúda, figura um valor com a descrição ambígua de “Contribuição audiovisual”: 1,84 euros.."Em 2008, os portugueses pagaram à RTP 104 milhões de euros nesta taxa de televisão escondida nos recibos da electricidade.Mas não bastou: generoso, o Governo concedeu-lhe ainda mais 160 milhões de euros antes de impostos". fonte
"A televisão pública vai receber 89 milhões de euros (sem IVA) de indemnizações compensatórias, menos 32 milhões que em 2010. A Lusa, por outro lado, vai receber 18 milhões de euros (valor com IVA), mais cerca de 660 mil euros que em 2010." fonte
"A RTP e os operadores de transportes públicos, do Estado e privados, foram os principais responsáveis por este aumento dos subsídios ao sector empresarial, que se fixaram em 497 milhões de euros. A televisão pública beneficiou de uma subida de 2,7 milhões de euros. Ao mesmo tempo, e até ao terceiro trimestre, a RTP tinha recebido 88,15 milhões de euros em dotações de capital. Tudo junto dá 234 milhões de euros de transferências do Estado, o que compara com os 205,5 milhões de euros pagos à RTP o ano passado.A estes números serão ainda somados os 134,4 milhões de euros de receita da taxa audiovisual paga na factura eléctrica. No âmbito do pacote de medidas de austeridade para o Orçamento para 2011, aumento de 30% da taxa audiovisual representará por isso mais cerca de 40 milhões de euros, a pagar pelos portugueses através da factura de electricidade." fonte
"A estação pública vai receber mais 62 milhões do Estado, através de um aumento de capital que compensa o pagamento da dívida. Desde 2000, recebeu 2,4 mil milhões de euros dos cofres públicos. O Estado continua a injectar capital na estação pública de televisão, com o objectivo de a compensar pelo facto de as receitas comerciais se destinarem ao pagamento da dívida da empresa." fonte
"A empresa pública que recebe mais dinheiro do Estado é a RTP. Para assegurar que a RTP preste serviço público, o Estado transferiu em 2009, qualquer coisa como 143 milhões de euros para a televisão, mais um milhão do que em 2008. No total a RTP absorveu um terço do total destas indemnizações, mais do que a TAP (9 milhões de euros), a CP (34,7 milhões de euros), a Carris (54 milhões de euros), o Metro de Lisboa (28 milhões de euros) e o Metro do Porto (12,5 milhões de euros).fonte

UMA EMPRESA que presta serviço público?
- O melhor serviço público que deveria prestar, era deixar parasitar os nossos impostos.
- Pagar ás suas pseudo vedetas os ordenados de luxo, com os lucros, em vez de usar os impostos cobrados ao povo.
- Podiam ainda fazer o serviço público de perguntar ao PÚBLICO se estão dispostos a pagar por uma TV que de público apenas tem as injecções de milhões do erário PÚBLICO.
É o desmazelo...
Querem um canal público? Comprem um horário em cada canal das privadas e façam lá o vosso serviço público. Certamente fica mais barato e acaba-se com os canais ao serviço dos partidos do governo. E o albergue de boys. Tendenciosos, duvidosos e dispendiosos.


Fonte da Notícia: Apodrece Tuga

Sem comentários:

Enviar um comentário